Pequeno Circo Íntimo Lyrics

Adriana Capparelli

Adriana Capparelli - Pequeno Circo Íntimo Lyrics

Fiz essa canção pelo tesão
Que o anão sentia na mulher barbada
Pelo domador, que violou a menina das aves
Na jaula dos animais
Pelo espectador e o tatuado, que morreram
De mãos dadas, num pacto entre anormais

Fiz essa canção, pela solidão
E a tristeza do palhaço
Eis minha canção
Para a equilibrista
Que lá em cima, perde o passo

Para a bilheteira
Que bebe estricnina
Pela moça dos balões
Todo meu amor
Para o homem-bala
Atirado nos leões

Fiz essa canção
Pra contorcionista
Que padece da coluna
Pro engolidor de fogo
Cheio de bronquite
E no escuro, ainda fuma

Pro ilusionista
Que se enforcou na estola
E viu na cartola, o mar
Pro atirador
Que voltou a faca
Contra a própria jugular

Bordei essa canção
Com o paetê
Que há no lixo
Onde as glórias
Renascem
Memórias

Translate Adriana Capparelli - Pequeno Circo Íntimo lyrics to:
In order to see the lyrics of Adriana Capparelli - Pequeno Circo Íntimo it is necessary to have java script enabled browser. We have another 2 lyrics of songs by Adriana Capparelli, that you are able to see on the right or clicking on the artist's name. We plan in the future to enable the possibility to make translations of Adriana Capparelli - Pequeno Circo Íntimo lyrics on your own or other languages.

Example: To see English translation for the Adriana Capparelli - Pequeno Circo Íntimo lyrics please choose from the dropdown list English.